Dramaturgia pluriversal 1 – narrativas LGBT+

A primeira etapa do programa Dramaturgia pluriversal foca na elucidação dos processos analíticos de construção de personagens LGBTQIA+ nas principais linguagens cênicas: teatro e audiovisual.

DETALHES DO CURSO

  • Tipo: autoformativo
  • Carga horária: 10:00
  • Número de aulas: 10

RECURSOS DO CURSO

  • Vídeos
  • Documentos de leitura
  • Acessível em Libras
  • Audiolivros
  • Legendas

O programa Dramaturgia pluriversal se propõe a lançar um olhar afinado e diverso sobre as possibilidades múltiplas de trazer para o palco e para o audiovisual narrativas LGBTQIA+ e negras por meio da dramaturgia.

A primeira etapa do curso, Narrativas LGBT+, tem como foco de trabalho a elucidação dos processos analíticos de construção de personagens LGBTQIA+ nas principais linguagens cênicas (teatro e audiovisual) e é voltada para artistas cisgêneros e/ou não pertencentes a essa comunidade, justamente para expandir a discussão.

O curso parte das pesquisas de Daniel Veiga – homem trans e preto e cofundador do Coletivo de Artistas Transmasculines (Cats) – em explorar questões de gênero, identidade e existencialismo no teatro e no cinema. A representação de pessoas LGBTQIA+, sobretudo as trans, é extremamente problemática nas narrativas ficcionais. Décadas de preconceito e desinformação formaram personagens pouco expressivos, pejorativamente cômicos, com destinos altamente trágicos ou de caráter duvidoso, raramente sendo tratados com complexidade.

Danna Lisboa e Verônica Valenttino no espetáculo "As três uiaras de SP city", com dramaturgia de Ave Terrena (imagem: Agência Ophelia)